Suspeito de latrocínio é preso ao ir a delegacia para registrar BO alegando roubo de moto

Jovem de 18 anos e adolescente
matara um motorista a tiros na manhã desta quarta-feira (4) após a vítima jogar
o carro em direção a motos onde os assaltantes estavam.


Motocicleta roubada na Av. Osório
de Paiva – Foto: Leábem Monteiro

Um jovem de 18 anos suspeito de
participar do latrocínio que vitimou um homem de 37 anos, identificado comoClairton Freitas da Costa, foi preso no início da tarde desta quarta-feira (4)
após ir até a delegacia denunciar um suposto roubo da moto dele, a mesma que
havia ficado presa ao carro da vítima após o crime.

Adriano Santos de Oliveira,
juntamente com um adolescente de 17 anos, assassinou a tiros o motorista
enquanto a vítima saía de um condomínio na rua Silvino. Câmeras de segurança de
uma residência flagraram a ação dos criminosos. Nas imagens, é possível ver o
momento em que eles abordam o carro, a vítima reage e tenta passar com o
veículo por cima da moto deles. A moto fica presa embaixo do carro e os
suspeitos atiram contra Clairton, que não resistiu aos ferimentos.

Oliveira compareceu até a
delegacia para registrar um boletim de ocorrência alegando que a moto dele
havia sido roubada. “Ele tentou se passar por vítima, mas quando chegou na
delegacia notamos que as conversas dele não batiam. Fomos tentar comprovar a
veracidade, vimos que tinha somente muita mentira e não teve mais como ele
sustentar a história. Então vimos que ele teria participado diretamente do
latrocínio”, conta o inspetor Miagui, do 19º Distrito Policial.

Segundo a polícia, a motocicleta
onde os suspeitos estavam havia sido roubada durante a manhã na Avenida Osório
de Paiva.  
Adolescente apreendido

De acordo com a Secretaria da
Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), após a prisão de Adriano, a polícia
conseguiu localizar o endereço do adolescente de 17 anos que participou do
crime atirando contra a vítima. No momento da captura, o adolescente foi
encontrado escondido debaixo de uma cama. Mãe e tia dele também foram presas
por desacato a autoridade.

Segundo informações do delegado
Paulo Renato, a dupla atirou contra a vítima após ela reagir ao assalto.

“As imagens não deixam
dúvida que, assim que eles chegaram e tentaram abordar a vítima posicionando a
moto de frente ao veículo, a vítima acelera o veículo e passa por cima da moto,
parcialmente. Eles caem, saem de lado e, segundo ele, o menor que tava com a
arma, atira na vítima. Pega o tiro no pescoço da vítima”, conta o
delegado.

O adolescente foi conduzido para
a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e o outro suspeito foi
encaminhado para a Delegacia de Capturas.

Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *