Polícia Civil do Ceará alerta para golpes com perfis de WhatsApp clonados

Uma cearense teve R$ 250 roubados em um golpe que utiliza o aplicativo WhatsApp para extorquir contatos das vítimas. De acordo com a mulher, criminosos clonaram a conta de uma colega de trabalho e usaram um perfil falso com seu nome para pedir depósitos e transferências bancárias a amigos. 
A prática, segundo a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), torna-se mais frequente no fim de ano e serve de alerta para o compartilhamento de dados pessoas na internet.
A vítima conta que o golpe aconteceu na última quarta-feira (4), enquanto estava no trabalho. Em uma conversa pelo aplicativo, uma colega pediu a transferência bancária para a conta de um dos seus clientes, alegando que a dela não estaria funcionando.
 A vítima informou que, após fazer a transferência, ligou para a amiga, que afirmou não ter solicitado o depósito e que o aparelho celular dela havia sido hackeado. “Ela disse que o hackeamento aconteceu após entrar em um site de compras”. 
Os estelionatários montam um perfil falso das vítimas que tiveram o aplicativo de mensagens fraudado e chegam a ameaçar vazar informações de seu celular, extorquindo.
 O delegado da DDF Eduardo Tomé aconselha a população a ter cautela ao disponibilizar dados e ao fazer transferências. “É importante ressaltar que, antes de fazer qualquer depósito ou pagamento, deve ser feito o contato com quem pediu aquela quantia de dinheiro. Pois você pode pensar que está falando com o seu amigo, mas está falando com um estelionatário”.

 G1 CE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *