MPCE e PCCE deflagram operação de combate a fraude em licitação no Cariri

Em uma ação de combate a fraude em licitação, o Ministério Público,
por meio da Procuradoria de Justiça dos Crimes Contra a Administração
Pública (Procap), em conjunto com a Polícia Civil do Estado do Ceará
(PCCE), deflagrou, na manhã de hoje (04), a operação “Coisas de Pai”,
realizada no município de Assaré, na Área Integrada de Segurança 19 (AIS
19) do Ceará.
No total, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão expedidos
pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará. Os mandados foram cumpridos
nas sedes da Prefeitura de Assaré e de empresas situadas em Assaré,
Juazeiro do Norte e em Fortaleza, bem como nos imóveis de residência do
prefeito de Assaré, do chefe de gabinete do prefeito e de empresários.
Foram apreendidos aparelhos celulares, equipamentos eletrônicos e
documentos na sede da prefeitura e nas residências do prefeito e de
empresários.
As ordens judiciais são decorrentes de procedimento investigatório
criminal que tramitam na Procap. As investigações apontam suspeitas de
cometimento de crime de peculato em diversas contratações, como, por
exemplo, no fornecimento de combustíveis, realização de obras e na
locação de veículos, com possível participação de autoridade com foro
por prerrogativa de função.
Durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão em uma
empresa na cidade de Assaré, os policiais civis encontraram um revólver
calibre 38 municiado no interior do cofre da empresa. A arma possuía
queixa de roubo. Por conta disso, o proprietário do local, identificado
como Marcondes Lúcio Alencar (55), sem antecedentes criminais, foi preso
e autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo e
receptação.
Pela Polícia Civil, foram mobilizados 48 policiais civis divididos em
12 equipes que cumpriram os mandados de busca e apreensão. As equipes
foram coordenadas pelo Departamento Técnico Operacional (DTO) da PCCE e
pela Delegacia Regional do Crato.

(SSPDS)
*Com informações da Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Ceará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *