Chuva alaga nova Câmara dos Vereadores de Juazeiro do Norte antes da entrega

O acumulado da chuva de 56 milímetros, entre esse
domingo e a manhã desta segunda-feira, 9, que atingiu o município de
Juazeiro do Norte, alagou a nova Câmara dos Vereadores da Cidade. O
estacionamento do equipamento afundou, a área administrativa e o
auditório com capacidade para 150 pessoas estão totalmente alagados. Não
havia funcionários no espaço, que ainda não é utilizado. O entorno do
local também é de difícil acesso. A via ainda carece de pavimentação, o
barro prevalece.
Há cerca de cinco meses, uma solenidade,
organizada pelo até então presidente da Câmara, Gleydson Bezerra, marcou
a entrega da primeira etapa da obra. O novo prédio do legislativo
municipal de Juazeiro deveria ser entregue próximo 15 de dezembro por
Darlan Lobo, atual mandatário da câmara.
De acordo com as informações apuradas pelo O POVO,
faltava licitação da mobília e de todo o sistema de informação do
estabelecimento. Procurado, o presidente da Câmara Municipal, Darlan
Lobo, indicou contato de quatro vereadores. Segundo ele, os
parlamentares fazem parte da comissão da casa que acompanhou os
trabalhos da nova sede. “Eles estão tratando talvez até direto com o
ex-presidente, que foi quem contratou a empresa e parte de engenharia.
Eu já peguei nos finalmente, faltando pouca coisa para concluir”,
afirmou.
Distante 489 quilômetros de Fortaleza, Juazeiro do Norte registrou o quarto maior volume de água entre as 7 horas de domingo e o mesmo horário desta segunda-feira.
Conforme dados da Fundação Cearense de Meteorologia e
Recursos Hidrícos (Funceme), a macrorregião do Cariri teve as maiores
precipitações no período. O posto pluviométrico do órgão em Barbalha
registrou a maior quantidade de chuva, 90 milímetros. Crato, na mesma
região, segundo maior contabilizado, vem em seguida com 75 mm. O
terceiro maior registro foi percebido em Assaré.
(O Povo)
Calaborou o repórter Luciano Cesário/CBN Cariri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *