Análise: Times Cearenses não terão vida fácil na 1ª Fase da Copa do Brasil

 
 
A CBF sorteou ontem os confrontos da 1ª fase da Copa do Brasil, com os 3
times cearenses envolvidos, Ceará, Caucaia e Barbalha, conhecendo seus
adversários. E nenhum terá vida fácil no torneio que começa em 5 de
fevereiro. O oponente do Ceará na 1ª fase será o Bragantino/PA. O
Alvinegro joga fora de casa com a vantagem de um empate para avançar por
estar melhor classificado no ranking da CBF. O time paraense já
enfrentou duas equipes cearenses neste ano pela Série D. O Bragantino
eliminou o Atlético Cearense na 2ª Fase, vencendo por 3 a 0 no acanhado
estádio Diogão. Já nas oitavas de finais, foi eliminado pelo Floresta
(agregado de 3 a 1). Nas quartas da Copa Verde, perdeu para o Paysandu.
O Caucaia, campeão da Fares Lopes, vai receber o São José/RS. O
‘Zequinha’ como é chamado em Porto Alegre, jogou a Série C do Brasileiro
e foi ao mata-mata, mas caiu para o Sampaio Corrêa. O Barbalha, campeão
da 1ª fase do Campeonato Cearense, encara o Operário/PR, que foi 10º
colocado na Série B do Brasileiro deste ano, portanto, um adversário
difícil.
Nesta 1ª fase, os times se enfrentam em jogo único, na casa da equipe
pior ranqueada, mas com o visitante jogando pelo empate. A CBF também
dividiu os confrontos em dez chaves. Assim, é possível já saber o
caminho dos times cearenses até a 3ª Fase, quando acontecerão jogos de
ida e volta. O Ceará, por exemplo, caso passe pelo Bragantino/PA,
enfrenta o vencedor de Bangu x Oeste na 2ª Fase. Apenas cinco equipes
das 80 que entram na primeira fase vão chegar às oitavas de final.
Novidades
Nesta 1ª fase, todos os 80 times receberão uma premiação de R$ 1,05
milhão, com o valor passando para R$ 1,25 milhão em caso de avanço para a
próxima fase.
Onze times vão entrar diretamente nas oitavas. Estão garantidos nessa
fase o Cuiabá, por ser campeão da Copa Verde, o Fortaleza, campeão da
Copa do Nordeste, o Bragantino, campeão da Série B, e mais o atual
vencedor da Copa do Brasil, o Athletico-PR. Completam a lista os demais
classificados para a Copa Libertadores: Flamengo, Santos, Palmeiras,
Grêmio, São Paulo, Corinthians e Inter, que não estarão mais no mesmo
pote no sorteio. Para este ano, a CBF sorteará em pote único os
confrontos.
A novidade da edição de 2020 é que a decisão foi antecipada para
setembro. A intenção da CBF é evitar o conflito de datas com as fases
decisivas do Campeonato Brasileiro, da Libertadores e da Copa
Sul-Americana.
A Copa do Brasil ganhou em importância nos últimos anos por causa da
premiação. Neste ano, o campeão Athletico-PR recebeu um total de R$
64,35 milhões, sendo R$ 53 milhões pelo título.
 
UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *