Recorde nacional de voo planador é registrado na Serra da Ibiapaba

A Serra da Ibiapaba, no Ceará, foi palco de outro recorde nacional na aviação desportiva. Em cerca de 10 horas e 30 minutos, o engenheiro Sergio Andrade e o copiloto, o também engenheiro Silvio Masiero, saíram do Aeroporto de São Benedito em um planador ASH-30Mi e atravessaram mais de mil quilômetros por três municípios cearenses e um piauiense.
Com o feito, a dupla estabeleceu um novo recorde brasileiro. Juntos,
sobrevoaram, sem interrupção e com apoio apenas de correntes de ventos,
uma distância de 1.100 km em cerca de 10 horas e 30 minutos. O trajeto
cortou São Benedito, Campos Sales (na Chapada do Araripe), Granja e
União (PI).
Cidade dos Recordes
O recorde anterior também era de Sergio Andrade, registrado no
próprio município, em 2018. Na ocasião, em São Benedito, compondo dupla
com o engenheiro Itamar Lessa, Sergio atingiu 1.004 km em 10 horas e 21
minutos, fazendo um triângulo com as cidades de Coelho Neto, no
Maranhão; Fronteiras, no Piauí; e São Benedito. 
O trajeto do voo é conhecido como triângulo FAI (Federação
Aeronáutica Internacional), com traçado estabelecido baseado em
critérios e proporções. 
“No Nordeste, as térmicas são mais fortes e a estação mais longa”,
explica Sergio. A Serra da Ibiapaba é referência para praticantes de
modalidades como parapentes e asa delta por conta da forte corrente de
ventos. Os recordes são reconhecidos pela Comissão de Aerodesporto
Brasileira (CAB), representação da FAI no Brasil.
(Diário do Nordeste)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *