Ordem para a demissão de Paulo César Norões da Verdes Mares partiu da Globo

 

 
 Processado por assédio moral em uma ação trabalhista de R$ 3,8 milhões,
Paulo César Norões, diretor de relações institucionais do Sistema Verdes
Mares, afiliada da Globo no Ceará, foi demitido na segunda (11) a
pedido da matriz. A dispensa aconteceu um dia útil depois de audiência
realizada no Tribunal Regional do Trabalho da 7º Região, em Fortaleza.
Funcionário da empresa desde 1989, o executivo é acusado de assédio
moral por Kaio Cézar, ex-narrador da Verdes Mares, que pediu demissão ao
vivo em uma edição do Globo Esporte local em fevereiro deste ano.
De acordo com fontes ouvidas pela reportagem, a ordem para que Norões
fosse demitido partiu da própria Globo, que estava representada por
advogados na audiência da última sexta (8). A orientação foi dada depois
que a emissora matriz tomou conhecimento das provas de assédio moral
apresentadas por Kaio.
O apresentador que pediu demissão confirma que conseguiu testemunhas e
provas para a sua denúncia. “Não sei se foi a Globo que demitiu, talvez
somente agora eles [Globo] tiveram conhecimento da gravidade do que
vinha acontecendo”, indica Kaio.
Notícias da TV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *