Tremores de terra assustam moradores de Madalena, Boa Viagem e Quixeramobim

 
 
Tremores de terra assustaram moradores das cidades de Madalena, Boa
Viagem e Quixeramobim, na madrugada desta quarta-feira (24). De acordo
com o Laboratório Sismológico da UFRN (LabSis/UFRN), foram registrados
pelo menos 102 tremores e o maior abalo foi de magnitude 2.5 na cidade
de Boa Viagem. Algumas casas ficaram com rachaduras e moradores sentiram
móveis balançar.
A agricultora Ana Claudia, moradora da comunidade de Vila Angelim na
zona rural de Madalena, informou por telefone que ficou com medo do
forte barulho. “Eu estava acordada, escutei um estrondo, a cama
balançou. Fiquei com medo”, disse.
Outros moradores tiveram prejuízos maiores, como por exemplo, o morador
Ednaldo Rodrigues, que ficou com vários compartimentos da casa com
rachaduras. De acordo com Ednaldo, na casa dele e dos vizinhos a
situação está bastante complicada. Praticamente nenhum conseguiu dormir
com medo, relatou o morador.
Abalos
De acordo com o geofísico Eduardo Menezes do Laboratório Sismológico, a
região de Quixeramobim vem apresentando tremores desde o começo do ano,
mas os abalos tinham diminuido. “Ela voltou agora a tremer com
frequência nessa madrugada. Até o momento foram 102 tremores sendo que
na sua maioria são de baixa intensidade”, acresentou.
O maior foi de magnitude 2,5 às 2h46 e o segundo maior de magnitude 2.0 registrado às 2:10.
Trabalho de prevenção
Segundo a Defesa Civil do Ceará todos os órgãos nas cidades de
Quixeramobim, Boa Viagem e Madalena estão atentas aos tremeores que vem
ocorrendo.
De acordo com Francisco Brandão, responsável pelo setor de sismologia de
atividade sísmica da Defesa Civil, o órgão vem realizando trabalhos de
prevenção e orientação junto à comunidade de como se comportar antes,
durante e depois dos tremores.
 
Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *