Líder religioso é preso acusado de estupro de pelo menos seis mulheres no Ceará

 

 
Um líder religioso foi preso, por força de mandado de prisão, acusado de
estuprar pelo menos seis mulheres que frequentavam terreiro que ele
mantinha em Ibiapina (a 303 quilômetros da Capital). A prisão de
Francisco Alcivan Pereira Linhares ocorreu na tarde dessa sexta-feira,
26. De acordo com o escrivão Mauro Cesar Barroso, da Delegacia Regional
de Tianguá, as vítimas relataram que o pai de santo as dopava para
cometer os abusos.
 
 
As investigações começaram após uma das vítimas denunciar o caso na
Delegacia de Ibiapina. Conforme o escrivão, o acusado se aproveitava que
as vítimas o buscavam para conselhos espirituais, ganhava a confiança
delas e, ao fornecer leite ou alimentos a elas, as dava drogas que
faziam com que elas dormissem. Uma das vítimas tem 13 anos.
 
 
Ouvido em depoimento, ele teria dito que os abusos seriam influência de
uma “entidade espiritual”, conta o escrivão. Ainda segundo a fonte, o
espaço religioso de Alcivan foi montado em meados do início do ano, na
localidade de Alto Lindo. É investigado se o acusado também fez vítimas
em Ipu, município vizinho a Ibiapina, de onde ele teria vindo. O
inquérito aguarda exame da Perícia Forense.
 
 
 
A Polícia Civil agora busca possíveis novas vítimas do líder. As
delegacias de Tianguá e Ibiapina recebem depoimentos de vítimas do pai
de santo.
 
 
O POVO Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *