Governo Bolsonaro bloqueia mais R$ 1,4 bilhão no orçamento de 2019

O enfraquecimento da atividade econômica e a piora na previsão de
arrecadação levou o governo a anunciar nesta segunda-feira (22) um novo
bloqueio no Orçamento de 2019. Desta vez, será um contingenciamento
adicional de R$ 1,442 bilhão.
De acordo com o Relatório de Receitas e Despesas do terceiro bimestre, a
necessidade de contingenciamento, no poder Executivo, para cumprir a
meta primária seria de R$ 2,251 bilhões, mas o governo decidiu liberar
R$ 809 milhões de reservas orçamentárias para evitar um corte maior.
Na prática, ao avaliar o andamento da execução orçamentária, os técnicos
da área econômica identificaram um descompasso em relação ao que estava
previsto para as receitas e as despesas do ano. Como esse desfalque
pode levar ao estouro da meta fiscal de 2019, atualmente fixada em
déficit de R$ 139 bilhões, o governo é forçado a bloquear recursos
inicialmente previstos para ministérios.
BLOQUEIO É O 2º NO ANO
Considerando todos os poderes, seria necessário bloquear R$ 2,266
bilhões se não fosse a liberação da reserva. O governo já havia
congelado cerca de R$ 30 bilhões do Orçamento deste ano anteriormente.
A redução de recursos na área da Educação levou a uma onda de protestos
em maio. No mesmo mês, ao divulgar fazer nova revisão das contas, o
governo anunciou o desbloqueio de parte da verba dessa área.
UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *