App que ‘envelhece’ garante segurança dos usuários

FaceApp garante não vender ou
compartilhar com governos fotos usadas no aplicativo Um senador dos EUA pediu
investigação até do FBI para verificar se empresa não estaria passando as
imagens para governos
FaceApp informou,
em comunicado para a imprensa dos EUA, que a maior parte das fotos dos
usuários têm sido apagadas em 48 horas após a data de upload
. Isso é uma
resposta a críticas que diziam do risco de nossas imagens ficarem
disponíveis para terceiros
. Apesar disso, a política de privacidade do
FaceApp permite que as imagens sejam guardadas indefinidamente no servidor da
empresa.
O FaceApp virou febre
rapidamente, mas, pouco tempo depois, especialistas em segurança começaram a
questionar a presença de um banco de imagens tão robusto com a empresa.
Inclusive políticos dos EUA
começaram a discutir a segurança do FaceApp. Entre eles está o senador
democrata Chuck Schummer. Ele fez um pedido formal à Comissão Federal de
Comércio (FTC, na sigla já em inglês) e também ao FBI, a polícia federal
norte-americana, para que se investigue se as fotos no aplicativo estariam
sendo compartilhadas com governos estrangeiros. Ele citou até a Rússia. O time
de desenvolvedores mora naquele país.
O presidente da desenvolvedora do
app, Yaroslav Goncharov, afirmou ao jornal “The Washington Post” que não
usa nossas fotos para treinar ferramentas de identificação e nem que as imagens
sejam repassadas para governos pelo mundo, inclusive a Rússia. Também disse que
não vendem ou compartilham com terceiros as fotos que são subidas no FaceApp.
Como deletar minhas fotos?
Para apagar suas fotos do
servidor do FaceApp não basta desinstalar o aplicativo. Veja como fazer a
limpeza com sucesso:
1 – No app, acesse “Settings”.
2 – Depois, procure por “Support”.
3 – Em seguida clique em “Report a bug”.
4 – Por fim, use a palavra “privacy” no título da mensagem e solicite que as
imagens sejam destruídas do servidor.
Como estão ocorrendo muitos
pedidos, a destruição de suas fotos pode demorar.

Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *