Ipuense conhecido por ‘Algodão Doce’, é preso em Canindé, quando registrava um B.O na delegacia


Ipuense que responde pela alcunha
de “Algodão Doce”, foi preso nesta quinta-feira (28/03), no momento
em que registrava um B.O (Boletim de Ocorrência) na delegacia do referido
município.

João Batista Xavier, natural de
Ipu, vulgo “Algodão Doce” tem um ficha extensa de furtos e roubos.
Responde roubo a pessoa em Guaraciaba do Norte, dois roubos na cidade de
Ipueiras, e tem contra o mesmo o Mandado de Prisão, oriundo da cidade de
Canindé, não nos foi informado o motivo.

A Polícia Civil de Ipu fez nesta
sexta-feira (30/03) o recambiamento do acusado para a cidade de Guaraciaba do
Norte, onde ficará recolhido a disposição da justiça.

Repórter Francisco José

Chuva em Frecheirinha inunda ruas e casas

O município de Frecheirinha,
na Região Norte do estado, registrou 77 mm de chuva entre as
7h de sábado (30) e as 7h deste domingo (31), segundo a Fundação Cearense de
Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). O acumulado de
precipitações foi suficiente para causar vários pontos de alagamentos nas ruas.
Algumas casas da cidade também foram invadidas pela água.
Segundo a Prefeitura de
Frecheirinha, um dos locais mais afetados com alagamentos foi o Conjunto
Sol Nascente
, especialmente na noite de sábado. “Uma ponte também
rachou um pouco próximo a esse conjunto. A ponte fica na entrada de
Freicheirinha. Choveu muito da tarde até à noite. Foram quase cinco horas de
chuva”, afirmou a assessoria do órgão.
Com relação às residências
invadidas pela água, a prefeitura disse que deve aguardar diminuir o volume de
chuva para verificar a situação das ruas do Conjunto Sol Nascente. No que diz
respeito à ponte que teve a estrutura danificada, foi assegurado que o local
foi isolado.

Diário do Nordeste

Rádio Recife FM comemora 38 anos com show do padre Reginaldo Manzotti

 
O 38º aniversário da Rádio Recife
FM foi comemorado em grande estilo na tarde deste sábado (30), na Praia do
Pina, em Recife (PE), durante a sexta edição do “Evangelizar é Preciso”, evento
religioso que contou com os shows dos padres Reginaldo Manzotti e João Carlos e
diversas outras atrações. Neste ano, o tema do Evangelizar é Preciso foi “As
muralhas vão cair”.
Pertencente ao Sistema Verdes
Mares, a Rádio Recife tem apoiado o Evangelizar é Preciso desde sua primeira
edição. Na festa deste sábado, a equipe da Recife FM comemorou a data junto com
seus ouvintes. O padre Reginaldo Manzotti abençoou a rádio e todo o público da
emissora que é a grande paixão do recifense.
Após a celebração da missa, o
padre Reginaldo Manzotti agradeceu à Recife FM, na pessoa do gerente comercial
Marcelo Pitanga, ao arcebispo de Olinda e Recife, dom Antônio Fernando
Saburido, à Comunidade Obras de Maria, representada por Gilberto Barbosa, pela
realização de mais uma edição de sucesso do “Evangelizar é Preciso
Recife”. Ainda durante o evento, o arcebispo dom Fernando Saburido
confirmou a data da sétima edição do “Evangelizar é Preciso Recife”,
que acontecerá em 21 de abril de 2020.
Logo em seguida aos
agradecimentos, foi exibido no telão um vídeo sobre a Recife FM, onde neste
momento o público puxou os parabéns pelos 38 anos da emissora de rádio. O
gerente comercial da Recife FM, Marcelo Pitanga, comemorou a parceria que a
Recife FM mantém há 10 anos com o padre Reginaldo Manzotti, com a retransmissão
do programa “Experiência de Deus”, que vai ao ar de segunda a sábado, das 10h
às 11h.
A programação de qualidade da
emissora conta com várias faixas de horário de cunho religioso aliada às
grandes promoções que a rádio realiza são para Marcelo Pitanga os diferencias
que proporcionam o grande sucesso da Recife FM.

Diário do Nordeste

Flamengo é campeão da Taça Rio sobre o Vasco nos pênaltis e pega o Flu na semifinal do Carioca

 
Mesmo com time reserva, o Flamengo mostrou grande poder de reação e faturou a Taça Rio sobre o Vasco no Maracanã.
Após arrancar o empate no tempo normal em 1 a 1 aos 48 minutos do 2º
tempo, o time rubro-negro venceu o rival por 3 a 1 nas penalidades,
neste domingo. O goleiro César pegou dois pênaltis de jogadores
vascaínos
Com isso, o clube da Gávea manteve um tabu de 31 anos sem perder uma final para o time da Colina.
O resultado coloca o Flamengo na semifinal do Campeonato Carioca contra o
Fluminense, enquanto o Vasco enfrentará o Bangu. Nenhuma equipe terá
vantagem do empate nesta fase.
Gols de cabeça
O Flamengo teve como técnico neste duelo o auxiliar Leomir, que já Abel
Braga se recupera de uma arritmia cardíaca. Apesar de entrar com uma
equipe reserva, já que enfrenta o Penãrol no meio da semana pela
Libertadores, o time rubro-negro foi melhor na primeira etapa.
A equipe perdeu duas boas chances com o atacante Vitinho de abrir o placar.
O Vasco teve dificuldades ao perder Leandro Castán e Bruno Silva ainda
na etapa inicial por contusão. Entraram, respectivamente, Ricardo e Raul
em seus lugares.
Logo no começo do segundo tempo, a equipe da Colina marcou o primeiro
gol do jogo. Danilo Barcelos cobrou escanteio pela esquerda, e Thiago
Reis subiu mais alto do que a zaga rubro-negra para cabecear para o
fundo das redes.
O garoto, que foi vice-artilheiro da Copa São Paulo de 2019, colocou o
argentino Maxi López no banco de reservas e chegou ao quarto gol em seis
jogos como profissional.
O Flamengo empatou o duelo aos 48 minutos do segundo tempo. Após jogada
de lateral direita, cruzamento na área e De Arrascaeta subiu de cabeça
para completar para o gol de Fernando Miguel.
Nas penalidades, Os rubro-negros levaram a melhor por 3 a 1 e
conquistaram o título. Vitinho, Uribe e Arrascaeta converteram para os
flamenguistas enquanto que apenas Danilo Barcelos fez para os vascaínos.
Rossi e Tiago Reis pararam nas mãos de César, enquanto Werley chutou
para fora do gol.
Agenda
O Flamengo voltará a campo pela segunda rodada da fase de grupos da Copa
Libertadores da América contra o Peñarol, na quarta-feira, às 21h30 (de
Brasília).

Camilo exalta lei cearense que proíbe administração pública de homenagear Ditadura Militar

Já na capital federal, a orientação dada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao Ministério da Defesa para que comandantes das Forças Armadas fizessem as “comemorações devidas” em referência à data 
 

O governador Camilo Santana (PT) usou as redes
sociais na manhã deste domingo (31) para fazer críticas ao período de
Ditadura Militar e enaltecer a lei sancionada por ele no dia 15 de
janeiro, proibindo que prédios e logradouros estaduais sejam batizados
em homenagem a pessoas que tenham sido responsabilizadas por violações
de direitos humanos durante o regime.

“Nosso Ceará, Terra da Luz, será sempre um intransigente defensor da
democracia, da liberdade e do respeito. Que o 31 de março de 1964, que
deu início a um dos períodos mais sombrios da nossa história, seja
lembrado, para jamais ser repetido. #DitaduraNuncaMais #Ceará
#Democracia #Respeito #Liberdade”, escreveu o governador em sua página
no Facebook, sobre a data que marca o início da movimentação militar que
depôs o ex-presidente João Goulart.

“Fica vedado atribuir a prédios, rodovias e repartições públicas, e
bens de qualquer natureza pertencente ou sob gestão da Administração
Pública Estadual direta e indireta, nome de pessoa que conste no
Relatório Final da Comissão Nacional da Verdade de que trata a Lei
Federal nº 12.528/2011 como responsável por violações de direitos
humanos”, diz a Lei 136/16, de autoria do deputado estadual Renato
Roseno (PSOL).

“Fazer a memória é permitir acesso à verdade, honrar as vítimas do
terrorismo de estado, educar as novas gerações para que não repitam o
mesmo erro, exigir justiça. Por isso, nossa lei proíbe denominar
torturadores a título de homenagem nos bens sob administração do Estado
do Ceará”, afirmou o deputado Renato Roseno neste domingo (31)

Comemorar ou rememorar

Já na capital federal, a orientação dada pelo presidente Jair
Bolsonaro (PSL) ao Ministério da Defesa para que comandantes das Forças
Armadas fizessem as “comemorações devidas” em referência à data conta
com decisão judicial favorável expedida ontem pela Justiça Federal.

Uma
liminar da desembargadora plantonista Maria do Carmo Cardoso, do TRF da
1ª Região, suspendeu a determinação da 6ª Vara Federal do Distrito
Federal que vedava atos comemorativos ao aniversário de 55 anos do
início da ditadura militar, em 1964, atendendo ação civil pública movida
pela Defensoria Pública da União.

A desembargadora acolheu um recurso
da Advocacia-Geral da União.

“Não visualizo, de outra parte, violação ao princípio da legalidade,
tampouco violação a direitos humanos, mormente se considerado o fato de
que houve manifestações similares nas unidades militares nos anos
anteriores, sem nenhum reflexo negativo na coletividade”, argumentou a
magistrada.

Após as polêmicas surgidas a partir da recomendação inicial de Jair
Bolsonaro, tornada pública por meio do porta-voz da Presidência, general
Otávio Rêgo Barros, na última segunda-feira (25), o presidente recuou.
“Não foi comemorar, foi rememorar, rever o que está errado, o que está
certo e usar isso para o bem do Brasil no futuro”, disse Bolsonaro três
dias depois. O uso do termo “comemorar” recebeu críticas do próprio
ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva.

 Diário do Nordeste

Atendente morta por ex-marido no Henrique Jorge é sepultada em Pacatuba

Crime aconteceu na manhã de sábado (30) enquanto a vítima trabalhava 

 
O enterro de Emanuelly Vasconcelos Araújo, morta pelo ex-marido no local de trabalho,
aconteceu na manhã deste domingo (31), em um cemitério de Pacatuba.
Familiares e amigos se despediram da atendente de 31 anos, assassinada
no sábado (30) em um curso onde trabalhava no Bairro Henrique Jorge.
Segundo Ivonete Vasconcelos, mãe da vítima, o
relacionamento da filha com Isac Ângelo dos Santos Filho, de 34 anos, já
era conturbado há algum tempo. “Ela não contava nada pra mim porque
tinha medo. Eu falava ‘minha filha, saia desse homem’, e ela dizia ‘não,
mãe, eu gosto dele, e ele não é capaz de fazer nada'”, relembrou, com
pesar. Ela contou que Isac puxou os cabelos e deixou o rosto da
atendente roxo em uma das agressões.
 
Colega de atendente morta por ex foi à polícia momentos antes do crime, mas PM não chegou a tempo
 Mecân
ico invade curso no Henrique Jorge e mata ex-mulher a tiros
Ivonete explicou que Emanuelly não queria
terminar o relacionamento por causa do filho de 10 anos, que também era
constantemente ameaçado. “Meu neto é muito assustado, não quer nem saber
dele [do pai]”.
Depois do fim da relação, o homem continuava seguindo os passos de
Emanuelly. “Ele ficava sempre ligando, colocava gente pra vigiar ela.
Ele nunca aceitou [o fim da relação]”.
A irmã, Ilana Vasconcelos, afirmou que o plano inicial de Isac era
matar o filho na frente de Emanuelly, matá-la e, em seguida, e cometer
suicídio.
Feminicídio
Emanuelly foi assassinada pelo ex-companheiro, na manhã de sábado
(30), enquanto trabalhava como atendente em um curso profissionalizante,
no Bairro Henrique Jorge. Isac entrou armado no estabelecimento e
trancou a porta. Em seguida, disparou pelo menos cinco vezes contra a
vítima, que tentou fugir, mas acabou entrando em uma sala sem saída. A
vítima foi atingida por quatro tiros e morreu no local. Os estudantes,
que estavam em aula no momento do crime, quebraram a porta do prédio
para fugir.
O suspeito foi preso e encaminhado para a Delegacia de Defesa da
Mulher. O casal tinha um filho de 10 anos e estava separado há cerca de
três meses, após um relacionamento de 17 anos. O homem estava em liberdade provisória, depois de ser preso em flagrante por posse de arma de fogo, em 2017.

 Diário do Nordeste

Homem que matou ex-esposa estava em liberdade provisória

 
Antes de ser assassinada, na manhã de ontem,
Emanuelly Vasconcelos Sampaio, de 31 anos, já sabia que o seu ex-esposo,
Isac Ângelo dos Santos Filho, 34, tinha intenção de matá-la. Pessoas
próximas à vítima afirmaram ter ciência acerca do relacionamento abusivo
que durou 17 anos e da inconformidade por parte de Ângelo desde a
separação do casal, ocorrida há poucos meses.
Por volta das 10h, Isac Ângelo invadiu a sede de um curso
profissionalizante, no bairro Henrique Jorge, e disparou, pelo menos,
cinco vezes contra Emanuelly. A vítima estava em horário de trabalho
quando foi surpreendida pela presença do ex-companheiro.
O primo de Emanuelly afirmou, em entrevista ao Sistema Verdes Mares,
que momentos antes do crime, a gerente do curso tentou alertar policiais
militares que estavam no entorno sobre a chance de um homicídio
acontecer ali. A delegada Rosane Brasil, responsável pelo inquérito,
admitiu, entrevista, que não havia efetivo suficiente, mas disse que o
PM acionado não foi omisso, pois pediu reforço, que chegou em cinco
minutos.
O alerta feito pela gerente se deu, porque a vítima teria recebido
uma ligação, de alguém não identificado, no meio do expediente, avisando
que Isac Ângelo estava indo ao local para matá-la. Testemunhas
informaram aos policiais militares que o suspeito estacionou em frente
ao prédio, entrou, trancou a porta do estabelecimento e logo em seguida
efetuou cinco disparos de arma de fogo.
Quando a gerente pediu ajuda a um PM que diligenciava no entorno, ela
teria sido informada que ele nada podia fazer, pois estava sozinho na
cabine, enquanto o restante da composição atendia a outra ocorrência. Ao
ouvirem os disparos, os alunos tiveram de quebrar a porta do prédio
para conseguirem sair. Pouco tempo depois, a Polícia chegou ao local do
crime.
Flagrante
De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do
Estado do Ceará (SSPDS), Isac Ângelo dos Santos Filho foi preso em
flagrante na saída do curso. Ele foi encaminhado para a Delegacia de
Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza, onde o procedimento foi realizado.
Com ele, militares apreenderam uma arma de fogo. Isac já tinha sido
preso em julho de 2017, por posse de uma arma de fogo. À época, o homem
foi liberado após pagar fiança e estava cumprindo medida cautelar, com
liberdade provisória.
Sobre a possível negligência em relação à ocorrência, a Polícia
Militar informou, por meio de nota, que “atendeu a noticiante que foi a
base da Polícia solicitar ajuda. Entretanto, enquanto averiguava as
informações, o homem aproveitou-se da aglomeração de pessoas em frente
ao local de ensino e adentrou ao estabelecimento cometendo o crime e
sendo capturado em seguida”.
Obsessão
Segundo informações apuradas com policiais, Isac já tinha agredido
fisicamente a vítima, mas ela não havia pedido medida protetiva contra
ele. Wesley Vasconcelos, primo de Emanuelly, disse ter visto mensagens
no celular da parente, enviadas pelo ex, que dizia saber todos os passos
da mulher.
 Diário do Nordeste

Assembleia Legislativa promove audiência pública para o fortalecimento do BNB

 
 
“Banco do Nordeste do Brasil (BNB) – Uma estratégia essencial de
política econômica e para a promoção do desenvolvimento” é o tema da
audiência pública, na sexta-feira (5), a partir das 9 horas, no
auditório Murilo Aguiar da Assembleia Legislativa, em ação conjunta da
Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB), com as comissões de
Desenvolvimento Regional, Recursos Hídricos, Minas e Pesca e de
Agropecuária da Legislativo Estadual.
 
 
A audiência integra a programação da 55ª Reunião do Conselho de
Representantes de base da AFBNB (RCR) – encontro semestral promovido
pela Associação que reúne trabalhadores do BNB de toda a área de atuação
do Banco. O encontro também abordará o tema “Em defesa da Previdência
Social – Não à reforma da previdência!” e se estende até o dia 6 de
abril, no Hotel Recanto Wirapuru, com trabalhos de grupo, plenárias e os
devidos encaminhamentos.
 
 
 
Não é a primeira vez que a RCR ocorre no âmbito do parlamento. Em 2015,
quando da realização da 48ª Reunião do Conselho de Representantes, a
AFBNB realizou o Seminário “Nordeste, sem ele não há solução para o
Brasil”, no Auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, em Brasília; e
em 2017, por ocasião da 52ª RCR, a Associação realizou o seminário
“Desenvolvimento Regional, Prioridade Nacional”, também em Brasília no
mesmo local.
Blog do Eliomar

Toffoli defende retirada de questões tributárias da Constituição

 
 
O presidente do Superior Tribunal Federal (STF), Dias ToffoIi, defende a
simplificação da reforma tributária e a retirada de temas relacionados à
tributação da Constituição Federal.
“Se está na Constituição, vai parar na Justiça e vai parar no Supremo
[Tribunal Federal], e vamos continuar com a judicialização. Toda reforma
constitucional aumenta potencialmente os conflitos, porque coloca mais
peso na Constituição”, afirmou. “Se formos analisar, temos que diminuir a
Constituição”, acrescentou.
Toffoli disse que se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes,
para pedir otimização da atuação do judiciário nesses assuntos. Segundo
ele, há atualmente 1 trilhão de matérias relativas a questões
tributárias pendentes no STF.
“Como você explica isso para um investidor? Processos correndo há tantos
anos e, às vezes, sem articulação. Superior Tribunal de Justiça decide
de um jeito, cinco anos depois o Supremo [Tribunal Federal] decide de
outro, na esquizofrenia. Mas se tudo vai parar no Supremo é significado
do fracasso das outras instâncias”, disse.
O presidente do STF reforçou a necessidade de economia de tempo. “Nas
últimas quatro semanas, como é público e notório, passamos muito tempo
atuando para apaziguar as coisas. Parece que agora as coisas começam a
andar”, disse. “Não temos tempo a perder”, completou.
Ele citou um exemplo, no ano passado, quando o ex-ministro da
Agricultura Blairo Maggi o procurou para tratar de decisão da Agência
Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que, na ocasião, triplicou o
valor do frete.
“Por que uma questão de frete vai parar no STF? E o Supremo tem que
decidir se o valor vai ser este ou aquele, se está correto ou não. Isso é
um fracasso das instituições brasileiras e tudo cai nos nossos ombros.
Para o bem ou para o mal, nós somos responsabilizados”, disse Toffoli.
(Agência Brasil)

Anatel bloqueará mais de 13,4 mil celulares irregulares no Ceará

 
 
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) iniciou, no último
domingo (24), o processo de bloqueio de celulares sem certificação nas
regiões Norte, Nordeste e Sudeste, o que deverá afetar ao menos 13.485
aparelhos no Ceará. No País, foram enviadas 531.446 mensagens de aviso a
celulares irregulares até o momento, enquanto 244.217 já foram
bloqueados pela Agência. A medida vale para aparelhos habilitados desde 7
de janeiro.
No Estado, a Anatel identificou 6.357 acessos irregulares no primeiro
mês de 2019 e mais 7.128 acessos em fevereiro. Contudo, a somatória
nacional vem de uma análise desde o começo de fevereiro do ano passado.
Além do Ceará, o bloqueio será feito em quatro estados da região Norte
(Amazonas, Roraima, Pará, Amapá); na região Nordeste (Maranhão, Piauí,
Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia); e
em dois estados da região Sudeste (Minas Gerais e São Paulo).
Segundo a Anatel, o celular irregular é aquele que “não tem o selo da
Agência que indica a certificação do aparelho e garante ao consumidor a
compatibilidade com as redes de telefonia celular brasileiras, a
qualidade dos serviços e a segurança do consumidor”.
Processo
O selo, geralmente, fica localizado atrás da bateria de cada aparelho ou
no manual. Os celulares sem certificação, segundo o órgão, oferecem
risco de segurança aos usuários, podendo dar choques elétricos, emitir
radiação, explodir e até mesmo causar incêndio, por não ter passado
pelos testes necessários.
Alerta
As mensagens de alerta sobre o bloqueio estão sendo envidas desde o
último dia 07 de janeiro. O usuário do serviço móvel que recebeu as
mensagens deverá procurar a empresa ou a pessoa que vendeu o aparelho e
buscar ter atendido os direitos como consumidor. A Anatel também
informou que é possível consultar a situação do aparelho pela internet,
visitando o site do projeto Celular Legal.
Bloqueio
O bloqueio já havia iniciado, desde o começo do ano, em quatro estados
do Centro-Oeste (Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do
Sul); na região Norte (Acre, Rondônia, Tocantins), em dois estados da
região Sudeste (Espírito Santo e Rio de Janeiro) e no Sul (Paraná, Santa
Catarina e Rio Grande do Sul).
 
Diário do Nordeste Online