Caminhão tomba causando morte do motorista na zona rural de Visoça do Ceará

Um caminhão com carregamento de tomate tombou na noite desta quarta-feira (28/11), na zona rural de Viçosa do Ceará. 
O acidente ocorreu por volta das 20h00, na localidade conhecida como “Cocalim”, na CE-232, no trecho que liga ao Estado do Piauí. O condutor do veículo infelizmente morreu preso na cabine do caminhão, sendo ele identificado como Leandro Vale do Nascimento, 27 anos.
O acidente mobilizou equipes da Policia Rodoviária Estadual e Policiais do Destacamento de Viçosa, que estiveram no local até a chegada da Perícia Forense. O corpo da vítima foi removido ao IML de Sobral.

(Ibiapaba 24 horas)

Lavras da Mangabeira registra maior chuva desta sexta no Ceará; choveu 60 mm, diz Funceme

As chuvas voltaram com intensidade na região do
Cariri, no Ceará, entre a quinta (29) e esta sexta-feira (30), segundo o
monitoramento da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos
(Funceme). Lavras da Mangabeira foi o município com o maior registro: 60,0 milímetros.
Ao todo, as precipitações ocorreram em pelo menos 10 municípios do Estado, segundo a Funceme.
Maiores chuvas:
  • Lavras da Mangabeira (60 mm)
  • Cariús (45,0 milímetros)
  • Várzea Alegre (41,2 milímetros)
  • Aurora (23,0 milímetros)
  • Milagres (15,1 milímetros)
  • Ipaumirim (9,8 milímetros).
De acordo com o metereologista da Funceme, Davi Ferran, a chuva acontece devido à existência de uma zona de convergência intertropical que está no Ceará. 
“A chuva é devida há uma  zona de convergência intertropical, que
dependendo de onde ela está   pode ter ou não a chuva. “Em alguns locais
pode haver mais chuvas do que em outros. E a característica dessa chuva
é que ele é intermitente, para e recomeça”, disse.
A previsão da Funceme para este fim de semana é de nebulosidade variável com possibilidade de chuva em todas as regiões.
 
 
 
(Diário do Nordeste)

Avião de pequeno porte cai na zona norte de São Paulo

Um avião de pequeno porte caiu na tarde desta sexta-feira (30), na Avenida Santos Dumont, próximo ao Campo de Marte, na zona norte de São Paulo. De acordo com uma testemunha, o avião estava decolando quando acabou caindo ao lado de um posto de gasolina.
O economista Carlos Carneiro Filho, que trabalha em uma empresa
situada na Avenida Brás Leme, viu o momento da queda. “Vi que o avião
subiu do aeroporto, fez um rasante nas árvores e caiu em uma rua bem em
frente da Totvs (onde trabalha), atrás de um posto de gasolina.”
Segundo Carneiro Filho, logo após a queda, houve uma explosão. “Explodiu, deu bastante estrondo e uma labareda bem alta.” 
De acordo com o Corpo de Bombeiros, dez viaturas foram deslocadas para o local onde caiu a aeronave.
Segundo André Elias, tenente do Corpo de Bombeiros, em entrevista à
TV Bandeirantes, seriam quatro vítimas envolvidas no acidente.
(Diário do Nordeste)

Bolsonaro, sobre Previdência: ‘Não podemos salvar o Brasil matando idoso’

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, voltou a demonstrar contrariedade com a reforma da Previdência apresentada pelo presidente Michel Temer.
Ao dar entrevista a jornalistas em Cachoeira Paulista (SP), Bolsonaro
disse que é preciso “tomar cuidado” com a medida apresentada pelo
presidente Michel Temer. “Ela não está justa, no meu entender. Não
podemos querer salvar o Brasil matando o idoso.”
O presidente eleito não quis detalhar qual proposta apresentará, mas
reafirmou a intenção de enviar uma reforma da Previdência ao Congresso
no primeiro ano de mandato.
(Diário do Nordeste)

Cearense ganha concurso de melhor brigadeiro do Brasil no programa de Ana Maria Braga

A receita de um brigadeiro crocante de castanha de caju foi a
grande vencedora de concurso que premiou o melhor brigadeiro do Brasil. A
premiação foi dada pelo programa Mais Você, apresentado por Ana Maria
Braga, na TV Globo. A responsável pela receita é a cearense Ana Lídia
Cabral, moradora de Maracanaú. Depois de passar por uma seleção
concorrendo com outros 4 mil inscritos, ela ganhou nesta sexta-feira,
30, o prêmio de R$ 10 mil e o troféu.


 Conquistando
o voto de dois chefs profissionais – Flávio Frederico, fixo como jurado
na competição, e Fabrice Le Nud, convidado para julgar a última etapa
da competição -o brigadeiro de Ana Lídia venceu. Outro voto que a
receita recebeu foi do público, em degustação que ocorreu na tarde de
ontem.
Outra receita que recebeu voto de um dos
jurados convidados, o cantor Ferrugem, foi a de brigadeiro de paçoca com
chocolate amargo, de Isabela Silva Santos. Além dele, a cearense
disputava com os brigadeiros de maracujá do mato e de banana, que não
receberam votos na final.
Redação O POVO Online

Muro de supermercado inaugurado há dois dias desaba após forte chuva

Um dos muros laterais da nova unidade do Assaí Atacadista, inaugurado há dois dias na BR-116,
desabou nesta manhã devido a forte chuva. O incidente ocorreu na rua
Tenente Nicolau, esquina com a rodovia. Um poste de energia elétrica
também caiu. O local está alagado.
Um viatura da
Polícia Militar chegou ao local às 11h56, cerca de uma hora após o
incidente. Por volta das 12h30, a entrada da rua foi interditada. O POVO Online contatou assessoria de imprensa do Grupo Pão de Açúcar (GPA) em Fortaleza e da Enel Distribuição Ceará e aguarda retorno.
Recém-inaugurado, o oitavo Assaí Atacadista do Ceará recebeu
investimento de R$ 45 milhões. É o maior do Estado, com 14,7 mil m² de
área construída, e é, também, sede regional do grupo. Ao todo, já são
quatro em Fortaleza, uma em Maracanaú, uma em Sobral, uma em Juazeiro do
Norte e uma Caucaia.  

;
Chuva e transtorno
Fortaleza amanheceu com tempo nublado e forte chuva na
manhã desta sexta-feira, 30. Há relatos de congestionamentos e
semáforos apagados pelas ruas da Cidade. De acordo com a Autarquia
Municipal de Trânsito (AMC), foram registrados 45 semáforos com problemas, incluindo 12 totalmente apagados. 
Redação O POVO Online
Com informações do repórter Matheus Facundo

Subtenente do Exército reage a assalto e atira em invasor dentro de sua casa em Fortaleza

Um subtenente reformado do Exército atirou contra um assaltante que
invadiu sua casa no bairro Vila Betânia, em Fortaleza. O aposentado
reagiu à tentativa de assalto e atingiu o bandido com dois disparos de
arma de fogo. 
Devido a problemas de saúde, a vítima é atualmente usuária de cadeira de rodas, segundo relato de vizinhos. 
Segundo a polícia, o autor do crime chegou à Rua Inglaterra e invadiu,
sozinho, a residência do subtenente. Ainda não há informações sobre a
identidade do suspeito ou se outros comparsas ajudaram na ação. 
Um revólver calibre 38 foi apreendido. O assaltante ficou ferido e foi
levado para uma unidade hospitalar, onde permanece sob escolta policial.
Até a publicação, a ocorrência seguia em andamento no 5º Distrito
Policial (5ºDP).

 

 
(G1)

Inscrições para Incubadora do Centec são prorrogadas até hoje (30)

O período de inscrições para ideias
ou empresas que tenham interesse em receber o apoio da Incubadora do
Centec foi prorrogado para o dia 30 de novembro de 2018. Podem
participar pessoas físicas ou jurídicas de 16 municípios cearenses e 15
iniciativas serão selecionadas para receber apoio logístico, gerencial e
tecnológico para a criação e o desenvolvimento da empresa ou de algum
produto inovador.
As propostas podem ser do setor da
indústria ou prestação de serviços, de base tecnológica ou tradicional.
Os projetos selecionados receberão apoio por meio de uma estrutura
física compartilhada e duas, serão residentes, ou seja, que terão um
espaço de uso individual. O apoio da incubadora do Centec acontecerá por
12 meses, podendo ser prorrogado por mais um ano.
Os interessados devem preencher os anexos e enviar para
intece@centec.org.br e
entregar os formulários nas unidades do Centec nas seguintes cidades:
Fortaleza, Beberibe, Maracanaú, Maranguape, Limoeiro do Norte, Tabuleiro
do Norte, Horizonte, Amontada, Acaraú, Ipu, Brejo Santo, Campos Sales,
Tauá, Juazeiro do Norte, Crato e Quixeramobim.
Sobre a Intece
A Incubadora Tecnológica do Centec
(Intece) existe desde 2002 e já apoiou diversos empreendimentos que
alcançaram o sucesso como a Piscis, Bioclone, Geragri, Caju Cardeal,
Autoterm, dentre diversas outras. O Edital 2018 para seleção de novas
empresas incubadas faz parte programa #PartiuEmpreender, lançado este
ano pelo Instituto Centec para estimular a cultura empreendedora em 16
municípios cearenses. A ação tem o apoio do Governo do Estado do Ceará,
por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior
(Secitece).
SERVIÇO
O quê: Prorrogadas inscrições no edital de incubação de empresas do Centec
Inscrições: Até o dia 30 de novembro de 2018
Mais informações:
intece@centec.org.br / (85) 3066-7015

Sábado tem virada de lote #XandAvião #JonasEsticado #FestejosDeIpu2019

🏃🏻 Corra no ponto de venda mais próximo de você e adquira já o seu ingresso 🎫🎟
🔴 PONTOS DE VENDAS 🔴
🔹 Ipu
– Bar O Buriti
– Camisaria Live
🔹 Guaraciaba
– Padaria Ideal
🔹 Ipueiras
– Lanchonete São Francisco
🔹 Hidrolândia
– Feirão Dos Plásticos
🔹 Sobral
– Mello Imports
#XandAvião #JonasEsticado #FestejosDeIpu2019

Reggae é reconhecido como patrimônio da Unesco e influencia a cultura brasileira

A Organização das Nações Unidas para a Educação,
Ciência e a Cultura (Unesco) reconheceu o reggae como patrimônio
cultural e imaterial da humanidade. O anúncio ocorreu nesta quinta (29),
em Port Luis (Ilhas Maurício). O apelo do gênero musical da Jamaica
envolve a cultura rastafári, a articulação do movimento negro e o culto
ao jamaicano Bob Marley (1945-1981) enquanto um ícone da história da
música.
Para o músico e pesquisador Fabrício Mota, mestre pela Universidade
Federal da Bahia (UFBA) com uma dissertação sobre a história do reggae
no Estado, o reconhecimento é tardio, porém fundamental.
“Primeiro que, ao transformar em patrimônio imaterial, você coloca na
pauta institucional, e transforma um elemento importante da formação da
nossa cultura no Brasil. Coloca na ordem dos projetos educacionais, da
educação para além da escola”, observa ele, autor do livro “Os
Guerreiros do Terceiro Mundo” (Editora Pinaúna, 2012), sobre a formação
do cenário do reggae na Bahia.
A segunda questão contemplada pela chancela da Unesco, segundo
Fabrício, é se colocar diante da importância de perceber a influência da
cultura de matriz africana para o Brasil. O pesquisador baiano alerta,
no entanto, como existe um grave déficit de atenção do poder público em
relação ao gênero, com prejuízos políticos e sociais para a “massa
regueira”.
“Espero que a declaração reflita de uma maneira positiva e
sensibilize o poder público, inclusive para a dissolução de problemas
sociais. A gente diz que a ‘massa regueira’ está nos guetos, nos bairros
pobres. A música comunica e representa essa parcela, que é a maioria da
população”, distingue.
Conceito
Fabrício conceitua o reggae como um gênero “transnacional”. E olha
para a expansão do gênero da Jamaica em direção ao Brasil, ainda na
década de 1970. Com um olhar específico sobre a Bahia, o pesquisador
lembra, por exemplo, que os blocos afros como o Olodum surgiram
conectados à experiência identitária do reggae. Grupos similares, a
exemplo do Muzenza e do Malê Debalê, passaram a desenvolver a vertente
do samba-reggae, a partir dessa influência.
“A Jamaica passou a ser um novo símbolo de resistência, uma nova
referência de africanidade. O Olodum é um dos ícones desse movimento,
mas isso trouxe uma mudança não apenas sonora, mas também do ponto de
vista da estética e da política”, complementa.
O pesquisador reforça ainda que o reggae deu origem a vertentes como o
dub (um formato mais experimental). Para além da Bahia, o gênero no
Brasil passou a integrar o cenário cultural de cidades como São Luís
(MA) e foi digerido, também, por grupos de música pop como os
brasilienses do Natiruts e os cariocas do Cidade Negra.
Fabrício Mota identifica que, embora Bob Marley tenha “explodido” e
ganhado espaço no cenário musical beneficiado pela indústria
fonográfica, a música jamaicana se difundiu pelo Nordeste e pelo resto
do País influenciando, sobretudo, um contexto de luta.
 
 
 
(Diário do Nordeste)