Você está em: Home CEARA Com perfil conectado, nova turma de seminaristas da Igreja no Ceará conta até com youtuber

Jovens optam por uma vida cristã dedicada a oração e em busca de ajudar o próximo, após o chamado que receberam de Deus



Jovens que abrem mão de projetos profissionais deixam a casa dos pais e se dedicam a oito anos de formação para se tornarem padres. Longe de ser uma realidade do passado, a busca pela descoberta da vocação ao sacerdócio continua crescente na Arquidiocese de Fortaleza.

Em 2017, a turma de primeiro ano de formação dos aspirantes conta com 27 seminaristas oriundos das mais diversas paróquias.
A Arquidiocese de Fortaleza, através de sua Pastoral Vocacional, celebra esta busca de um modo especial no quarto Domingo da Páscoa.

“Em todas as paróquias e capelas espalhadas em nossa Arquidiocese, bem como em todo o mundo, a Igreja dedica este domingo em suas celebrações a rezar pelas vocações e refletir sobre Jesus o Bom Pastor. É este também o Dia Mundial de Oração Pelas Vocações”, explica Padre Vicente Oliveira, novo responsável pela Pastoral Vocacional da Arquidiocese de Fortaleza e Vice-Reitor do Seminário Propedêutico.

Apesar do bom número de ingressantes, existe uma contínua necessidade por novas e boas vocações. Somente a cidade de Fortaleza, a segunda capital mais católica do país, possui quase 2 milhões de católicos. “É um rebanho bem numeroso”, destaca padre Vicente.

A Arquidiocese possui atualmente 253 padres Diocesanos, sacerdotes que estão sob os cuidados e orientação direta do bispo diocesano. Estes sacerdotes estão distribuídos entre as 146 paróquias. “Por isso precisamos rezar sempre mais pelas vocações”, conclama o vice-reitor.






História de chamado vocacional


Deusimar Andrade tem 25 anos e percebeu os sinais do chamado ainda na adolescência. “Senti-me profundamente tocado em um retiro de preparação para a Crisma, percebi o quanto Deus me amava e que eu queria amá-lo tanto quanto Ele me ama”. O jovem aprofundou a experiência de fé se engajando em grupo de oração e desenvolvendo trabalho para os mais pobres.

“Depois de alguns semestres cursando Engenharia Mecânica, optei pela filosofia. Terminei dois cursos na área, um na Faculdade Católica de Fortaleza e outro na Universidade Federal do Ceará, trabalhei ainda dois anos e meio como professor de Educação Religiosa, e atualmente estou concluindo um mestrado em Filosofia Política”, conta o jovem, que também é youtuber. Deusimar mantém na internet o canal “Pense no Alto”, que busca atualizar para os jovens a mensagem do Evangelho.

“Jamais pensei em ser padre”. A declaração é Ygor Azevedo, 20 anos, que representa bem o rosto da juventude de hoje. Até aos 16 anos participou de no máximo duas missas. A história do rapaz começou a mudar depois que se engajou em um Grupo de Oração na paróquia. “Foi ali que tive a minha primeira experiência pessoal com o amor de Deus”, descreve.

O encontro foi fortalecido em um acampamento para jovens que o fez crescer no contínuo engajamento na Igreja. Através de um convite, decidiu participar dos encontros vocacionais da Arquidiocese de Fortaleza. “Eu vim para o primeiro encontro pensando em não vir para os demais, mas acabei participando de todos ao longo do ano. A semente da vocação foi regada pela oração e Deus a faz crescer cada dia”.
  Tribuna do Ceará
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire