Você está em: Home CEARA Governo decreta situação de emergência em mais de 60 cidades do Ceará





O Governo do Ceará decretou situação de emergência em 61 municípios pelos próximos 180 dias por causa da seca. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado.


Apesar dos índices de precipitações melhores que anos anteriores, a irregularidade de chuvas em diversas áreas do Estado e o registro de elevadas temperaturas vêm comprometendo o armazenamento de água, causando sérios problemas ao abastecimento para o consumo humano e animal desde o ano de 2012, conforme justifica o decreto. A lista pode ser encontrada aqui. 

Com a publicação, o Governo mobiliza do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil no âmbito do Estado, para prestar apoio complementar às cidades atingidos, mediante articulação com todas as setoriais do Governo Estadual, Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) e Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (SEDEC). Além disso, a decisão é uma forma de o Estado abrir margem para receber repasses do Governo Federal.

Para obter apoio emergencial da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, os municípios devem apresentar um Plano Detalhado de Resposta (PDR), por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). Após análise técnica, se aprovado, o Ministério da Integração define as ações que serão disponibilizadas. 

Reconhecimentos vigentes Atualmente já há 33 municípios cearenses com reconhecimentos vigentes, todos por conta da seca ou estiagem. Até o último sábado (15), o número era bem maior, mas 104 cidades tiveram contratos vencidos. Fortaleza, por exemplo, continua na lista. 

No Brasil, são 904 municípios com reconhecimentos vigentes, sendo a maior parte no Nordeste. A Bahia é o estado brasileiro com maior quantidade neste momento.  

Diário do Nordeste
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire