Você está em: Home NACIONAL Assaltante de banco morre em confronto com a policia e tem Seu velório na Câmara Municipal de Sandovalina-SP


Parece piada! O criminoso, que explodia caixa eletrônicos e atirava com fuzil nas vitimas e até na policia, foi velado na Câmara Municipal de Sandovalina-SP. Ele foi um dos suspeitos que morreram em troca de tiros com os agentes após explosão de caixas eletrônicos. Seu velório foi na Câmara Municipal. 
 
Foi enterrado na manhã deste domingo (9), no Cemitério Municipal de Sandovalina, o corpo de Ariel Lima de Campos, de 23 anos. Ele foi um dos seis homens suspeitos de roubarem bancos no interior de São Paulo e no Paraná que morreram durante um confronto com agentes da Polícia Federal (PF) em Alvorada do Sul, no norte do Paraná, nesta sexta-feira (7).

Conforme informações, Ariel é primo da prefeita de Sandovalina, Amanda Lima de Oliveira (DEM), e foi velado na Câmara Municipal. Em uma rede social, a chefe do Executivo realizou uma postagem em homenagem ao familiar, onde diz: “eu sempre fui completamente apaixonada por vc [sic]”. Dezenas de comentários desejavam sentimentos e conforto à família.

O G1 tentou contato com a prefeita, por meio de telefone, mas as chamadas iam direto à caixa postal. A reportagem também tentou contatar a presidente da Câmara Municipal, Jaqueline Sanfelix (PSDB), mas as ligações não foram atendidas. Para ambas, foram deixados recados, por meio de mensagem, mas não foram respondidos.

Gazeta
Caderno: NACIONAL
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire