Você está em: Home CEARA Rapto de criança de 4 anos segue sem solução


A motivação do rapto de Débora Lohany de Oliveira, de quatro anos, permanece sem resposta. Até o momento, a menina ainda está desaparecida e a Polícia segue várias linhas de investigação. "Tem muita história, mas por enquanto são especulações", revela uma fonte ligada às investigações. Dentre as hipóteses seguidas pelos policiais, está a de um crime sexual. No entanto, não havia nada conclusivo até o fim da noite de ontem.

O andamento das apurações mostram contradições entre versões apresentadas. "Tem muita gente dizendo que viu, mas o que estranha é que ninguém tenha feito nada. Uma criança está sendo raptada e ninguém se mexe?", afirmou a fonte. A mãe da criança foi até a Perícia Forense do Ceará (Pefoce) fornecer informações para um retrato-falado do suspeito. Porém, a fonte informou que a imagem não deverá ser divulgada, porque não foram fornecidas características claras.

Na tarde de ontem, ela esteve na Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa) para ser ouvida pela delegada Ivana Timbó.

Ainda ontem, uma testemunha do rapto também foi levada à Dececa. O homem que foi apontado como suspeito pelos moradores, foi ouvido e liberado. "Não há nada contra ele até o momento. Foi vítima de uma divulgação irresponsável da imagem dele", disse o investigador. O homem foi ouvido, levado até a Pefoce para um exame de corpo de delito e depois autorizado a deixar a Delegacia.

Diário do Nordeste
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire