Você está em: Home CEARA Morre o agricultor que foi mordido por morcego em um sítio na zona rural de Iracema

Morre o agricultor que foi mordido por morcego em um sítio na zuna rural de Iracema-CE, em 16 de setembro de 2016 segundo informações de familiares da vítima, Antônio Nunes, mais conhecido como “Carlinhos” demorou procurar auxílio médico, em 21 de outubro quando chegou ao hospital já sentindo alguns sintomas foi imediatamente internado em estado grave em fortaleza no hospital São José, que logo constatou através de exames o diagnóstico de positivo como raiva humana.

Todos os procedimentos foram tomados para manter a vida, mais ele não resistiu e veio a óbito, pois são raros casos de sobreviventes em caso de mordidas de morcego vampiros, a mordida do morcego pode causar pelo menos três tipos de doenças: a raiva, o tétano e as infecções locais mais leves. A principal delas é a raiva, doença transmitida por vírus e que mata.

O morcego hematófago pode ser o portador do vírus da raiva e transmitir a doença. Uma vez contraída, ninguém sobrevive. Cem por cento das pessoas que contraem a doença morrem em questão de semanas - explica o médico.



Qualquer espécie de morcego pode estar infectada com o vírus da raiva e transmitir a doença para a vítima pela saliva, quando morde ou lambe a presa, ou por arranhão. Devido ao risco de transmissão da doença, a mordida do morcego é sempre considerada como agressão grave e deve ser tratada rapidamente. 

 Folha Serrana
Caderno: CEARA
Obs.: Os comentários abaixo postados, não refletem as opiniões do Ipu Notícias
Comentários
0 Comentários

0 comentários

Faça seu Comentário

Todos os comentários são lidos e moderados previamente
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria
- Não serão aceitos comentários difamatórios
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros sites ou blogs

OBS.: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do IN

2010 - Portal Ipu Notícias . Todos os Direitos Reservado. - Desenvolvido por Fagner Freire