Namorado corta cabeça de grávida e posta foto no Facebook

O homem que decapitou a namorada grávida na última quinta-feira (26)
postou a foto da cabeça dela no Facebook dois dias depois de cometer o
crime na Zona Sul de São Paulo. A adolescente tinha 16 anos.
Em seguida, José Ramos dos Santos, de 23 anos, levou a cabeça de
Shirley Souza até uma delegacia do Centro da capital paulista, onde se
entregou. O G1 teve acesso à foto da cabeça, mas não publicou porque é uma imagem forte.
A vítima estava grávida de sete meses, mas o assassino desconfiava que o
bebê não fosse dele, então resolveu matá-la. A criança, uma menina que
iria se chamar Nayara, também morreu. Ele alegou que Shirley revelou que
o traiu com um amigo do casal. Amigas da adolescente disseram ao G1 que ela já havia sido ameaçada de morte por José. Vizinhos falaram, no entanto, que a suposta traição era um boato .

O assassinato ocorreu na comunidade carente de Pedreira. O desempregado
está preso desde a noite do último sábado (29), quando se entregou no
1º Distrito Policial (DP), na Sé, onde confessou o crime ao abrir a
mochila e mostrar a cabeça de Shirley.

Mas antes de ir até a delegacia, José publicou naquele mesmo dia, na
sua página pessoal no Facebook, a foto da cabeça de Shirley com a
seguinte descrição: “Traição da nisso…mentiras…odeio”, escreveu
horas depois de saber que vizinhos haviam encontrado o corpo da
adolescente.

O G1 teve acesso à cópia da página com a foto antes
que o assassino a apagasse. Nas imagens copiadas pelas amigas da vítima
estão também fotomontagens com o rosto de Shirley ao lado do suposto
amante dela, com a inscrição: “mim traiu na vespera de natal”.

A equipe de reportagem manteve o teor original do que José escreveu. Na
sua rede social, ele aparece como Zél Past Troubled (algo como Zél
Passado Atribulado, numa tradução livre do inglês para o português).

A foto que usa para se identificar não é a dele, mas a do personagem do
filme americano “Jogos Mortais” (“Saw”, no título original). Na
história de terror e suspense, um serial killer usa uma máscara e
tortura suas vítimas, sempre cortando uma parte do corpo delas.

O G1 também teve acesso a conversa pelo aplicativo de
celular Messenger que amigas de Shirley tiveram com José, momentos antes
dele se entregar no 1º DP. Num dos trechos das mensagens, uma amiga
pergunta onde está a adolescente e o desempregado responde: “matei ela
agora ela vai mim trai no inferno”.
“Ela me traiu”, voltou a repetir José aos jornalistas que acompanharam a
transferência dele do 1º DP para 8º DP, Brás, onde o caso foi
registrado como homicídio qualificado. Depois, ele foi levado para o 77º
DP, Santa Cecília, onde cumpre prisão temporária.
“Por um lado sim, por outro não”, respondeu quando foi questionado pela
imprensa se estava arrependido de ter matado a namorada. O G1 não conseguiu localizar José ou algum advogado dele para comentar o assunto nesta segunda-feira (30).

Ciumento e possessivo


Shirley não gostava de Facebook e, mesmo que quisesse, era impedida por
José de ter uma página na web. A afirmação é de uma das melhores amigas
da vítima. “Ele é muito ciumento e doente”, disse a estudante ao G1.
Traição da nisso…mentiras…odeio”
José Ramos dos Santos, ao postar no Facebook foto da cabeça da namorada
Segundo ela, José agrediu Shirley durante as discussões do casal, após
ele desconfiar que ela o traiu. “Ele acreditou em boatos que ela tinha
um caso com um menino de onde a gente mora, mas é mentira. O bebê que
ele matou dentro da minha amiga era dele com ela”, afirmou.
Shirley e suposto amante, em fotomontagem feita por José no Facebook dele (Foto: Reprodução/ Arquivo pessoal)
Shirley e suposto amante, em fotomontagem feita
por José no Facebook dele (Foto: Reprodução)

Vizinhos

“Ele já havia batido nela e ameaçado matá-la, cortando a cabeça dela
para mostrar para todos verem, mas nunca achei que faria isso”, lamentou
a amiga de Shirley, que, assim como a vítima, tem 16 anos.

A jovem disse que, mesmo diante das ameaças, Shirley não quis registrar
um boletim de ocorrência contra José. “O namorado dela falava que já
havia matado um bando de gente antes”. Apesar dessa declaração,
policiais do 98º DP, Jardim Miriam, que investigam o caso, disseram que o
desempregado não tinha passagens criminais.

Amigas de Shirley falaram ao G1 que José é viciado em
drogas a ponto de se tornar violento. Ele admitiu em depoimento à
Polícia Civil que soube da suposta traição da namorada quando fazia uso
de entorpecente. “Shirley, acreditando que José estava sob o efeito da
droga, falava sobre relacionamentos que mantinha com outros homens”,
relatou no boletim de ocorrência.

 
O crime surpreendeu vizinhos da viela próxima à Rua Manuel Rodrigues Mexelhão, onde moravam Shirley e José.
Segundo eles, os dois se conheceram porque a mãe da adolescente se casou com o pai do rapaz.
“Foram criados como irmãos desde pequeninhos, mas aí se apaixonaram e
passaram a viver como casal”, disse o desempregado Valdir Galdino da
Silva, de 56 anos, que não acredita que a garota tenha traído José. “Ela
não seria capaz disso. Gostava muito dele, tanto que ficou grávida
dele, né?”.

O crime
Segundo a investigação policial, José contou que matou Shirley na casa
de seu irmão na noite de quinta-feira. Eles se encontraram, tiveram
relações sexuais e discutiram por causa da possível traição.

José disse que a desconfiança aumentou após a mulher engravidar, pois
ele disse ter visto na carteirinha de saúde dela que sua última
menstruação foi em agosto, quando o casal estava separado. Após
insistir, ela então teria confessado ter se relacionado com um amigo do
casal às vésperas do Natal e do Ano Novo, segundo a versão do assassino.

Quando a adolescente se preparava para tomar banho, ele aplicou uma
“gravata” até ela desmaiar. Ao perceber que a companheira estava morta,
foi até a cozinha, pegou uma faca e decapitou a vítima.

Em seguida, enrolou o corpo da jovem em um edredom, amarrou o tronco e
os pés e o escondeu atrás de um botijão de gás. A casa foi limpa para
que o irmão não desconfiasse. Com o passar do tempo, o cadáver começou a
cheirar mal e José decidiu levá-lo para a viela, onde o corpo foi
encontrado por moradores.

Ao descobrir que a adolescente havia sido achada, ele percorreu 30
quilômetros em dois ônibus e foi até a delegacia, onde se apresentou à
polícia e foi detido em flagrante.

G1

Homens assaltam agência do Banco do Brasil em São Luís do Curu

foto_
Foto: VC Repórter/Whatsapp
Um grupo armado assaltou, na tarde desta terça-feira (31), uma agência do Banco do Brasil (BB) do município de São Luís do Curu, a 78,89 km de Fortaleza. A Polícia informou que  oito homens adentram na agência, eles buscavam dois malotes com dinheiro.
De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI),
os suspeitos entraram no banco, fizeram o segurança refém e roubaram
uma quantia ainda não divulgada. Segundo a Polícia, no momento da ação,
havia alguns clientes no banco, mas ninguém ficou ferido. 
Funcionários de um órgão do município, que trabalham em um andar acima da agência, informaram que os homens utilizaram armas calibre 12
e efeturam vários disparos contra o segurança da agência. A Polícia
segue na região realizando buscas dos envolvidos no assalto. 
Segundo ataque a banco em menos de 24 h
Segundo os dados do Sindicato dos Bancários do Ceará (Seeb-CE) esse é o 19º ataque as unidade bancárias no Ceará em 2015. 
Na tarde da última segunda-feira (30), uma quadrilha de aproximadamente 10 homens, armada com pistolas e fuzis, invadiu o Banco do Brasil, do município de Novo Oriente (397 quilômetros de Fortaleza), no início da tarde.

Os suspeitos quebraram a porta giratória e uma vidraça dentro do
estabelecimento. Conforme a Polícia, no momento da ação havia clientes
no banco, mas ninguém ficou ferido. Os acusados renderam os funcionários
e exigiram uma quantia em dinheiro que estava no caixa. Após pegar o
dinheiro, a quadrilha levou o segurança da agência como refém e fugiu em
dois veículos, que foram incendiados em uma estrada carroçável.

Diário do Nordeste

Adriano Melo propõe realização de audiência para discutir a demorada espera nas filas bancárias

Eduardo Ximenes, Ivo Sousa, Carlos Amarante, Evaldo Gomes, Hilton Belém e Efigênia Mororó complementaram e reforçaram as palavras do parlamentar.
 
O vereador do PV Adriano Melo, propõe ao Legislativo Ipuense a realização de audiência para discutir a demorada espera nas filas bancárias. 

O edil inicio seu discurso afirmando que “já se ouviu reclamações, sugestões e queixas mais que ficaram pelo meio do caminho e para começar a discutir este tema eu gostaria de chamar atenção para o artigo 30 da constituição federal que diz: – Compete aos municípios legislar sobre assuntos de interesse local, inciso 2º suplementar a legislação federal e a estadual no que couber.” enfatizou Melo se referindo ao assunto a respeito das reclamações da demora no atendimento nas agências bancárias do município de Ipu.

Melo disse que o problema tem trazido prejuízo ao comercio local: “Sistematicamente todos aqueles que fazem o uso dos serviços das redes bancárias do município de Ipu, tem reclamado em virtude da demora no atendimento do número muito pequeno dos serviços prestados pelos caixas que ficam na bateria dos serviços, isso nos traz grandes problemas e consequências também para o comércio local.”disse

“Ouvir várias vezes relato de várias pessoas, aqueles que vêm da serra do sertão, resolver as suas questões financeiras nas agências do município, costumam chegar de transportes alternativos, mais ou menos entre sete e sete meia da manhã, já pega uma amarga fila esperando até o horário da abertura do atendimento bancário, como se não fosse suficiente ao entrar na agência é submetido a mais uma outra fila de espera, essa de maneira incondicional, não se sabe se quer a hora que vai sair.” enfatiza

Adriano explica o porque da sua afirmação de que o problema tem prejudicado o comercio local. “A demora no atendimento bancário, está fazendo com que eles voltem ao seus lares sem se quer fazer as compras no comércio local, pois o tempo me espera na cidade, é muito maior do que o tempo disponibilizado para que ele vá ao comércio local fazer suas compras, com isso está gerando impacto no baixo movimento do comércio do município e outros fatores” explica.

O vereador Eduardo Ximenes (PTdoB) pediu uma aparte e complementou as palavras do edil:  “O que você está falando é verdade, acontece sim na nossa cidade, infelizmente. Essas pessoas quando vem para o Banco do Brasil, acabam perdendo o horário do seu carro, eu já mandei deixar vários pessoas por causa disso e o que tá faltando é mais caixas para atender melhor a população. Sua proposta foi muito boa, de trazer um gerente para dar explicação o porque que não tem condições de dar mais suporte a população, o que não pode acontecer o que tá acontecendo e ficar prejudicando o comercio de nossas cidades” enfatizou Ximenes.

O vereador Ivo Sousa (Pros) que abordou o tema na sessão passada endossou as palavras do vereador Adriano Melo acrescentando que: “Realmente é muito importante a vinda dos gerentes tanto do Bradesco quanto da Caixa Econômica e do Banco Brasil para essa Casa para que eles prestem esclarecimentos. Porque hoje existe uma cobrança da própria população achando que nós vereadores somos culpados, pelo fato de não haver uma pressão da nossa parte, nós somos representantes do povo. Eles dizem! – Isso é papel do vereador de questionar, de levantar esse problema. Vocês fazem parte do poder constituído. Então interessante que isso vá em frente para não fica só no discurso. Não melhorou em nada, em nada a pessoa passa de três a quatro horas na fila de um banco isso é inadmissível e acho que nós temos a obrigação de levar isso adiante.”enfatiza.

O líder do governo na Câmara, o vereador Carlos Amarante (Pros) também cedeu críticas as agências bancárias: “Os nossos amigos sofrem na pele, principalmente os que vem do interior e perdem seus horários ficam impossibilitados de fazerem suas compras, mas a realidade é que esses bancos eles só estão pensando em lucros, me parece que a associação brasileira dos bancos que disciplina essa questão. Eu acho que tem que ter uma solução, até mesmo porque eles querem cada vez otimizar através dos caixas o serviço que é de péssima qualidade, especialmente no Bradesco” disse

O vereador Evaldo Gomes (PSDB) também entrou na discussão e afirmou que na semana passada conversou com o gerente do Banco do Brasil que afirmou: “que Ele [gerente] disse não tem autonomia para fazer nenhum modificação e que também sentia e procurava os superiores dele para que resolvesse esse problema, e que não tinha nenhuma resposta, a questão do banco ser um banco privado e ter questões de concurso, mas eu acredito que qualquer entidade tem os seus superiores e tenha realmente alguém que venha fazer alguma coisa pra modificar, então acho que a gente deve realmente fazer isso aqui, porque é em benefício da população, a gente só não sou eu mas a população em geral sofre com esse problema no dia a dia” enfatiza.

Hilton Belém (Pros) também ressaltou que os que mais sofrem com o problema são as pessoas do interior do município. “Hoje mesmo eu fui testemunha de várias pessoas do interior tendo que esperar e os proprietários de D-20 também tendo que esperar, então se faz necessário que realmente os gerentes dessas instituições bancárias, não só o Banco do Brasil, como também a Caixa Economias e o Bradesco que foram citadas, que venha até esta Casa e dar as devidas explicações ao povo ipuense, porque do jeito que está não pode ficar” A vereadora Efigênia Mororó e o vereador Alberto Martins também se associaram ao vereador Adriano Melo.

Obras desobstrui grota para amenizar efeitos da chuva

Uma retroescavadeira da Secretaria Municipal de Obras e
Infraestrutura está trabalhando na Grota que cruzamento das Ruas Manoel do Céu com Padre Mororó no bairro Caixa D’água no município de Ipu (CE), que devido as chuvas dos últimos dias tem obstruído pelo excesso de barro e areia que desce de uma ‘bica’ que se forma no período do inverno.
De acordo
com a Secretaria de Obras e Infraestrutura foram retirada mais de 10 carradas de entulho de aterro. Além da retroescavadeira,
também foi necessário uma caçamba. Nesta terça-feira (31/03), os trabalhos de desobstrução da grota terão prosseguimento com o uso da retroescavadeira.

O Secretário de Obras, Gilvan, disse que os trabalhos tentam amenizar o sofrimento dos moradores que residem próximo ao local.

Prédio da Estação Ferroviária é mais que um monumento histórico de Ipu (CE)

O Prédio da Estação é mais que um monumento. É espaço de bem estar e desenvolvimento de cunho cultural, educativo e criativo de uma coletividade. 

Nele funciona a Biblioteca Municipal Profª. Maria da Conceição Guilherme Martins, com um acervo de mais de 8.000 livros, em diferentes assuntos (Ciências, Literatura Infanto – Juvenil, Literatura Clássica Nacional e Internacional, Ciências Humanas, Economia) com um sistema de empréstimo gratuito; valorização do desenho como forma de expressão criativa e ponto de partida para o desenvolvimento do senso estético.

A Estação, assim conhecida pela maioria da população, é ponto visitado para o estudo da história de Ipu e até mesmo regional, recebendo a visita de historiadores, escolas (de Ipu e outras cidades), e de outras pessoas que querem melhor conhecer esse ícone do passado, que, embora perpassado por trilhos, é ponte para o presente e o futuro.

Além disso, como forma de valorizar ainda mais a Estação Ferroviária de Ipu, foi inaugurado em novembro de 2014, o Memorial da Música Maestro Lázaro Freire, um marco alusivo aos 130 anos da banda.

A histórica Estação Ferroviária de Ipu reviveu uma noite memorável no dia 28 de novembro de 2014, com a inauguração do Memorial da Música Maestro Lázaro Freire. Para a Secretária de Cultura Sônia Pontes, “a inauguração deste Memorial da Música reflete mais uma sala descritiva da belíssima Estação, uma forma de expor a nossa cultura material e imaterial, um marco ímpar na preservação de nossa cultura e acervo do patrimônio público”.

O Governo Municipal de Ipu, através da Secretaria Municipal de Cultura, tem profundo respeito e dedicação pela Estação Ferroviária de Ipu, visto que, sem dúvida nenhuma, a mesma representa um símbolo por excelência da cultura ipuense.

Reiteramos que o referido equipamento cultural está sempre à disposição de toda população ipuense e visitantes de forma geral.

Horário de funcionamento da mesma:
Segunda a Sexta, das 08:00h às 12:00h, e 13:00h às 17:00h.

Informações e fonte: Secretaria Municipal de Cultura de Ipu

Bebê de 8 meses morre eletrocutado após colocar fio desencapado na boca

Segundo informações da delegacia de Itapetinga, onde a ocorrência foi registrada, a mãe da criança estava dentro de casa quando acidente aconteceu.Um bebê de oito meses morreu eletrocutado após colocar um fio desencapado de uma extensão elétrica na boca na tarde de domingo (15), em Itororó, a cerca de 540 quilômetros de Salvador.

Ainda segundo a polícia, a menina engatinhava quando pegou o fio da extensão e, ao colocar na boca, recebeu a descarga elétrica. Ela foi encaminhada para o Hospital Maternidade de Itororó, mas não resistiu. De acordo com o órgão, o registro foi feito por volta das 15h30. A polícia ainda informou que os pais da criança estão inconsoláveis. 
O corpo da menina foi levado para o Instituto Médico Legal de Vitória da Conquista (IML). As informações sobre a liberação do IML e do enterro ainda são desconhecidas. 
 G1 BA

Radialista é assassinado a tiros em Brejo Santo, no interior do Ceará

Polícia investiga se homicídio tem relação com as críticas que ele fazia em programa (Foto: Arquivo pessoal)
Polícia investiga se homicídio tem relação com as críticas que ele fazia em programa (Foto: Arquivo pessoal)
Um radialista foi assassinado à bala na tarde desta segunda-feira (30)
em Brejo Santo, no interior do Ceará. De acordo com a Polícia Militar,
Patrício Oliveira saía de motocicleta da rádio onde trabalhava, no
centro da cidade, quando foi surpreendido por dois homens em uma moto,
que dispararam e fugiram.
Ainda de acordo com a Polícia Militar, os fugitivos disparam vários
tiros e pelo menos dois dele atingiram a vítima. Os policiais fazem
buscas pelos suspeitos e receberam reforço da Polícia Militar de cidades
vizinhas a Brejo Santo.

Até a tarde desta segunda-feira, ninguém havia sido preso. A Polícia
Militar diz ter identidade dos suspeitos e faz buscas na zona rural do
município.
A polícia desconhece a causa do crime, mas descarta a possibilidade de
latrocínio, já que os pertences da vítima não foram roubados. A Polícia
Civil vai investigar se o homicídio tem relação com as críticas que o
radialista fazia em seu programa.
G1/CE

21 de Abril – Uma data histórica! Venha participar do Super Aulão “Tô ENEM Aí” !!!

 
Ingressos para o Aulão de Sobral e Ipu a partir de hoje já estão à venda!

VENHA PARTICIPAR desse encontro de Conhecimentos preparatório para o ENEM 2015 com uma mega EQUIPE DE PROFESSORES! 

No Ipu a partir das 14h no Instituto Kairós, apoio CURSINHO KRANIUS!

 Procure na secretaria da escola, contate pelo

(88) 3683 2626/ 9715 2526/ 9647 7007

TOTALMENTE AÍ!!!

 GARANTA SUA VAGA NO MAIOR SHOW DE CONHECIMENTOS PARA O IPU E REGIÃO!

Padre morre enquanto celebrava missa

Os fiéis presentes na celebração tentaram reanimar o padre e chamaram o Samu, mas ao chegar o resgate, o padre já havia morrido

Um padre morreu durante a celebração da missa no bairro Porto
de Santana, em Cariacica. Carlos de Assis Viana tinha 37 anos e caiu
enquanto fazia a homilia na comunidade São Sebastião, matriz da
paróquia. A fatalidade aconteceu por volta das 20h30 deste domingo (29).
Ordenado em 2011, o padre era pároco na Paróquia São Francisco de
Assis, em Porto de Santana. Os fiéis presentes na celebração tentaram
reanimar o padre e chamaram o Samu, mas ao chegar o resgate, o padre já
havia morrido.

De acordo a Arquidiocese de Vitória, a suspeita é de que o
padre tenha sofrido um ataque cardíaco. Assim que o corpo for liberado, o
velório será realizado na paróquia.
“Humildade”

Padre Kelder Brandão, responsável pela Paróquia de São Pedro, em
Vitória, atuou por mais de um ano com padre Carlos e disse ter recebido
com muita tristeza a morte do amigo. “Ele era a humildade encarnada. Foi
professor da rede pública, um pessoa muito simples. Exercia o
ministério com muito zelo. Foi muito agradável conviver com ele”,disse o religioso.
Segundo padre Kelder, durante o tempo em
que trabalharam juntos, padre Carlos não apresentava nenhum problema de
saúde. “Recebi um telefonema de um seminarista dando a notícia, e fiquei
atônito. Ele não tinha nenhum indicativo de doença. Foi um susto para
todos, um infarto fulminante”.
Natural do Estado de Minas Gerais, o padre Carlos de Assis
atuava há cerca de três anos em Porto de Santana. “O povo de lá tem
muito carinho por ele. Estão todos em choque”, completou Kelder.
Antes
de ir para paróquia de São Francisco de Assis, em Porto de Santana,
Padre Carlos realizou seu estágio de pastoral em Jacaraípe, na Serra,
onde trabalhou por quase um ano com padre kelder.
“Uma pessoa que
morreu muito jovem e vai fazer muita falta para quem teve a
oportunidade de conviver com ele. Estamos realmente muito tristes”,
completa Padre Kelder.
Na noite deste domingo, a Arquidiocese de Vitória divulgou uma nota lamentando a morte do padre.

 Gazeta On Line